02/02/2016

13 coisas que as pessoas com força mental não fazem

Hoje saiu no site Dinheiro Vivo um artigo com o título "13 coisas que as pessoas com força mental não fazem" baseado num livro escrito pela psicoterapeuta Amy Morin.

O título também podia ser "13 coisas que deves fazer para ser feliz e alcançar o sucesso". Muitos atribuem o sucesso à sorte mas diria que nada ou muito pouco se pode dar a esse fator. É fruto de muito trabalho, empenho, resiliência, nunca desistir mesmo quando parece que tudo corre mal. Os obstáculos devem tornar-nos mais fortes e não deitar-nos abaixo.


Então queres saber quais são essas 13 coisas?

1 - Não perdem tempo a sentir pena de si próprios. 

A autora refere que "sentir pena de nós próprios é autodestrutivo" e sugere que se troque a auto-compaixão pela gratidão.

2 - Não abdicam do seu poder
Neste ponto a autora salienta que "é preciso que se defenda e estabeleça limites, visto que se outros estiverem no controlo das suas ações serão eles a definir o seu sucesso e valor".

3 - Não fogem da mudança
"...fazer mudanças pode ser assustador, mas fugir delas impede o crescimento. Quanto mais tempo esperar mais difícil será".

4 - Não focam a atenção no que não podem controlar
"Dá uma sensação de grande segurança ter tudo sob controlo,mas pensar que temos sempre o poder de fazer as coisas acontecerem como queremos pode tornar-se problemático". Se não tens o poder para mudar algo, para controlar uma situação então deixa seguir. (Quem não gostava de ter o poder de controlar o clima? Mas não temos essa capacidade portanto de nada vale lamentar e reclamar porque está a chover ou porque está calor!)

5 - Não se preocupam em agradar a todos
É impossível agradar a todos! E ao tentar fazê-lo tornamo-nos pessoas mais manipuláveis, ansiosas em busca da aprovação do outro e leva consequentemente à desilusão ou frustração por não conseguir agradar a todos. Sê tu próprio, quem tiver que gostar de ti vai gostar e não tens que segurar a máscara (porque essa um dia cai!).

6 - Não têm medo de assumir riscos calculados
Normalmente o medo vem da dificuldade em avaliar os riscos. A autora elenca 8 questões que deves responder para ajudar a uma decisão ponderada:
  • Quais são os potenciais custos?
  • Quais são os potenciais benefícios?
  • Como é que isto vai ajudar-me a atingir o meu objetivo?
  • Quais são as alternativas?
  • Quão bom será se o melhor cenário possível se concretizar?
  • Qual é a pior coisa que pode acontecer e como posso reduzir o risco de isso acontecer?
  • Quão mau será se o pior cenário possível se concretizar?
  • Quanto é que esta decisão vai importar daqui a cinco anos?

7 - Não se perdem no passado
Não temos o poder de alterar o que já passou. Pensar e repensar sobre isso em nada vai ajudar. Aliás, a autora menciona que "viver no passado pode ser auto-destrutivo, impedindo-o de apreciar o presente e planear o futuro". A única forma em que pensar no passado pode ser favorável é se formos capazes de analisar só os factos independentes de emoções e aprender com o que já vivemos.

8 - Não repetem os mesmos erros
A autora refere que "é importante estudar o que terá corrido mal, o que podia ter corrido melhor e como fazê-lo de forma diferente na próxima vez". É igualmente importante sermos capazes de assumir a responsabilidade pelo que acontece.

9 - Não ficam ressentidas com o sucesso dos outros
É bem verdade que se estamos tão ocupadas a prestar atenção (e muitas vezes a desdenhar, invejar...) ao sucesso dos outros não estamos a trabalhar no nosso próprio sucesso. Estes sentimentos não trazem nada de bom. E muitas vezes até podemos ser bem sucedidos mas como usamos como comparação o sucesso dos outros podemos estar eternamente insatisfeitos.

10 - Não desistem após o primeiro fracasso
Bem...este é sem dúvida um ponto fundamental. Mais certo será que falhamos nas muitas primeiras tentativas que são feitas. Vejamos, por exemplo, a frase de Thomas Edison "EU não falhei. Só encontrei 10 mil soluções que não davam certo" ou do Albert Einstein "Eu tentei 99 vezes e falhei mas na centésima tentativa eu consegui. Não desista dos seus sonhos objetivos mesmo que pareça impossível. A próxima tentativa pode ser a vitoriosa"
A autora salienta "tornar a tentar depois do fracasso fá-lo-á mais forte".

11 - Não têm medo de estar sozinhas
Amy Morin diz que "arranjar tempo para estar sozinho com os seus pensamentos pode ser uma experiência poderosa e que pode dar-lhe ferramentas para atingir os seus objetivos". No que respeita à produtividade a solidão pode ser um excelente aliado. Vejamos a lista de benefícios elencados pela autora - solidão no escritório pode aumentar a produtividade - passar tempo sozinho pode aumentar a sua empatia - estimula a criatividade - capacidades para a solidão são boas para a saúde mental - a solidão proporciona reparação.

12 - Não sentem que o mundo lhes deve alguma coisa
Pois, reclamar com o universo porque as coisas não correm como desejávamos não vai funcionar. Tudo tem que ser uma conquista. Como sugere a autora, "a chave é concentrar os seus esforços, aceitar as críticas, reconhecer as suas falhas e não manter um registo de vitórias e perda". Eu acrescentaria...sejam gratos pelo que possuem.

13 - Não esperam resultados imediatos
Um grande erro que podemos cometer é querer resultados imediatos. Isso não acontece, haverá obstáculos, desilusões e fracassos. É necessário tempo e foco sempre nos objetivos a longo prazo. A autora refere que "uma disposição para desenvolver expetativas realistas e a compreensão de que o sucesso não acontece da noite para o dia são necessários se quiser atingir o seu potencial máximo".

Revês-te em algum dos items? Fazem sentido para ti? Quais os que achas que já fazes naturalmente e quais aqueles que ainda podes trabalhar para melhorar?

Para leres o artigo original podes ir ao site do Dinheiro Vivo.

7 comentários:

  1. Ola minha querida Mariana, adorei este teu texto...Faz-nos refletir em tanta coisa. beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Tenho que seguir alguns desses passos; acho que ando a falhar!

    beijnho,

    Marlene,
    McTBeauty: http://mctbeauty.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. adorei, sem dúvida que concordo e tenho de ter mais atenção a essas 13 coisinhas :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Adorei este post SUPER INTERESSANTE. Adorei mesmo.
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Um texto para refletir...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito! Acho que este post é muito útil a qualquer pessoa! E parabéns pelo blog, está muito giro :)

    Resposta ao comentário que deixaste no meu blog: http://joanasrverissimo.blogspot.com/2016/02/2016-em-filmes-7.html?showComment=1454754722647#c3418613872912197314

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Devia mesmo seguir alguns desses passos! Este foi sem dúvida um post muito útil e interessante.

    Um beijinho,
    http://secretsofablondie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar